quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Enoque e sua comunhão com Deus





Quero compartilhar um trecho de um livro que achei muito legal, esse trecho fala de Enoque e sua comunhão com Deus. As características deste relacionamento servem como exemplo para nós hoje.

  • Conhecer (João 17.3) A essência da vida eterna consiste em conhecer pessoalmente a Deus, e o privilégio mais glorioso deste conhecimento é desfrutar da conhunhão com Ele.


  • Enoque (Gênesis 5.24) "E Enoque andou com Deus; e ele desapareceu, porque Deus o tomou". Avida de Enoque destaca-se por três caracteristicas:
  1. Sua vida é mais curta que a dos outros de sua geração, uma vez que foi de 365 anos. Enbora uma vida longa pareça apresentar maiores oportunidades de encontrar a graça salvadora, o filho de Deus não deve se apegar demasiado a este mundo que foi amaldiçoado, carregado de pecados e dor. (Mateus 6.19~21)


  2. Anda com Deus num ambiente de maldade e infidelidade. Enoque tem comunhão com Deus levando uma vida de fé e pureza, não separado dos seus mas como chefe de família. (Mateus 5.13~16) (Salmos 1.1)


  3. Desaparece repentinamente, arrebatado ao céu como Elias. A vida de comunhão com Deus não finaliza, pois há de comtinuar realizando-a e aperfeiçoando-a no céu. (Tessalonicenses 4.16-17) (Apocalipse 21.1, 8)


Retirado do livro O PENTATEUCO do escritor Paul Hoff, páginas 36 e 37

sábado, 8 de setembro de 2007

QUAIS AS ATITUDES DO VERDADEIRO AMOR?

É muito comum escutar a expressão “Eu amo você”, mas será que sabemos o seu real significado? Será que sabemos no que o verdadeiro amor consiste? Quero hoje nesta mensagem fazer uma reflexão sobre o quais são as atitudes do verdadeiro amor, observando o maior exemplo de amor, Jesus Cristo.

O amor segundo o dicionário Aurélio é:
1- Sentimento que dispõe alguém a desejar o bem de outrem.
2- Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro, ou a uma coisa.

Em 1Co 13:4~7 o apóstolo Paulo nos esclarece sobre isto.
O amor é uma atitude, uma escolha.

O Amor:1-É paciente: Quem ama sempre espera e acredita no melhor. Sabe que cada pessoa tem seu tempo de amadurecimento.
Jo 15:2,16 Deus espera o momento certo para que possamos dar fruto.

2- É bondoso: Quem ama não age com maldade, mesmo quando é ofendido.
Mt 26:67 Mesmo sendo agredido Jesus não revidou.
Mt 27:13,14.

3- Não arde em ciúmes (não suspeita mal): Quem ama deixa livre e confia na pessoa amada.
Deus nos ama tanto que nos dá o livre arbítrio, para que façamos nossas próprias escolhas.

4- Não é orgulhoso nem soberbo: Quem ama reconhece suas próprias fraquezas e é humilde (Mt 26:42)

5- Não busca seus próprios interesses: Hoje muitos dos relacionamentos visam a satisfação própria, mas o amor busca a satisfação do próximo.(O bom samaritamo em Lucas 10,35)

6- Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.Mateus 27:26~44. Jesus por amar, sofreu, suportou a cruz crendo na nossa redenção.

Que o Senhor nos ajude a amarmos uns aos outros com amor puro e sem fingimentos. Que possamos nos espelhar no seu amor perfeito que foi demonstrado na cruz.

Que Deus te abençoe.

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

OS DONS ESPIRITUAIS



Os dons espirituais, chamados também de "carismas" são concedidos por Deus na Igreja para edificar o corpo de Cristo.
obs: Carisma = Força ou dom concedido por graça divina.

  • Em Efésios 4.12 explica o porquê de Deus estar derramando dos dons espirituais na igreja. Ele nos dá a ferramenta para trabalharmos para ele. Nos dá condições de fazermos um bom e produtivo trabalho para a sua glória. Os nossos dons não são para a nossa própria glória mas sim para a glória do nosso Senhor Jesus Cristo.


  • Aprendendo com o escultor: Um bom escultor precisa afiar bem suas ferramentas se quiser perfeição em sua obra. Ele gasta tempo para preparar suas ferramentas até que elas fiquem no ponto certo. E assim é conosco, Deus nos dá o dom mas é nossa responsabilidade cuidar e desenvolvê-los.

  • Jesus fala em Mateus 25. 14 - 30 sobre a parábola dos talentos. Foram bons servos aqueles que multiplicaram aquilo que o Senhor os dera. O servo displicente que enterrou seu talento por causa do medo foi repreendido severamente pelo Senhor.

Que este seja um tempo de pensar que temos feito com os dons e talentos que Deus tem nos dado. DEUS NOS ABENÇOE E NOS DÊ SABEDORIA E FÉ PARA MULTIPLICARMOS OS DONS QUE EXISTEM EM NÓS PARA A GLÓRIA DO SENHOR.